Viver, competir e aprender



Participar do maior evento esportivo do mundo, sem dúvidas, foi uma experiência que ficará para sempre em minha memória. Desde a minha infância, ao assistir os Jogos Olímpicos e Paralímpicos pela televisão, eu sonhava em um dia participar daquele evento. Após um período de incertezas por conta da pandemia, chega 2021 e sou convocado para integrar a seleção brasileira de bocha. No dia 20 de agosto do mesmo ano, entro na vila paralímpica, um local extraordinário, grandioso e com uma linda diversidade cultural. Estar em contato com outras pessoas dos mais diversos países me proporcionou uma perspectiva diferente sobre o mundo, ainda que não trocássemos muitas palavras. Participar das Paralimpíadas é muito mais do que ir em busca de um resultado, mesmo que, enquanto atleta, o foco seja o melhor desempenho possível. No entanto, o convívio por pouco mais de uma quinzena com todo o mundo em um evento global, me mostra o que podemos fazer quando nos unimos para trabalharem prol da humanidade.









Mateus Rodrigues Carvalho

Atleta

CDDU/Praia

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo