Vamos falar sobre ELAS?


Fonte: Lesbos.

Os papéis parecem designar quem o ser humano será ao longo de sua trajetória de vida. Desde crianças, meninos e meninas ouvem o que devem ou não fazer. Desde a mais tenra idade, recebe-se da família um conjunto de regras e normas que comportam papéis pré-estabelecidos e que narram uma história já construída para mulheres e homens por grupos sociais de épocas anteriores.

Na contemporaneidade, as fronteiras parecem ser mais flexíveis entre ambos os sexos, havendo outras possibilidades de papéis tanto para os homens como para as mulheres. A mulher passou a se estruturar como um indivíduo mais valorado, criando um novo olhar para si, diferente daquele concebido até metade do século XX.

Chegam ao consultório, mulheres angustiadas; é como se uma ficha caísse, chegasse um insight e elas olhassem para trás e percebessem que a vida passou. E em geral elas se lamentam pela sensação de perda dessas vivências emocionais que estavam todo o tempo ali, à sua disposição. E como fruto dessas emoções meio machucadas - tristeza, arrependimento e outras que deixam de ser adequadamente vivenciadas e canalizadas.

O que fazer, já que o tempo não volta? Como lidar emocionalmente com as mudanças contemporâneas? É preciso compreender o que ocorreu, saber diagnosticar a emoção presente e direcioná-la de forma saudável, corretamente.

O tempo não volta tudo bem, mas é possível resgatar emoções perdidas, suprimidas, abafadas. Para isso, precisamos nos conhecer e nos reconhecer nessas emoções. Neste momento a psicoterapia ou qualquer outro recurso de ajuda pode entrar em cena. Aqui então você vai encontrar recursos para tomar consciência de si. É preciso querer mexer onde dói, ir a busca dos fantasmas de perdas, de dor, de rejeição, de abandono, da multiplicidade de papeis e, principalmente, muita solidão; e enfrentar para fazer diferente, para pensar e agir de forma mais assertiva e coerente na vida. É possível viver bem, se relacionar. Como estão suas emoções?


Isabela Oliveira

Psicóloga Clinica / Coach

Clinica Espaço Psi.Q

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo