top of page

Remedinhos caseiros da vovó




Lembranças dos finais de semana na casa da vovó. Casa antiga, com terreno amplo, muito bem cuidado, cheio de árvores, pequenos arbustos e uma horta. Não tínhamos ideia das preciosidades que nossa avó cultivava em seu quintal: que o suco de acerola tão docinho que ela nos preparava era rico em vitamina C; que o feijão temperado com alecrim facilitava nossa digestão. À tarde, a broinha de fubá com erva-doce, servida com chá de camomila, contribuía para o soninho da noite. Antes de nos deitarmos, o leite quente com canela trazia alívio para o corpo cansado de tanto correr. Lembro-me do cheiro do café fresquinho, coado logo pela manhã, que era servido a todos na casa antes de irem para seus afazeres.   


Não sei se minha avó tinha conhecimento de que alguns dos ingredientes que ela utilizava para preparar nossas refeições ou bebidas também eram utilizados popularmente para tratar diversas doenças, verdadeiros “remedinhos caseiros”. Hoje, conhecemos as propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias da canela, a ação estimulante do café, a importância da vitamina C para a melhora da nossa imunidade e as propriedades calmantes da erva-doce e camomila.   


Os remédios caseiros obtidos a partir de plantas ricas em compostos bioativos e tradicionalmente utilizadas como ingredientes alimentares é uma prática que data da existência humana. No entanto, essas plantas também podem causar efeitos colaterais, sendo importante a consulta a um profissional de saúde para saber como utilizá-las corretamente. 







Profª. Drª. Camila Martins de Oliveira 

ICEN

UFR








5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page