top of page

Plantas medicinais e as propriedades antibióticas




O uso de produtos naturais remonta à antiguidade egípcia e chinesa, com vários documentos que descrevem as propriedades de uso e aplicações dos produtos naturais. O Brasil possui a maior biodiversidade do mundo, entre 15 e 25% de toda a flora mundial, com mais de 40 mil espécies de plantas que representa um celeiro de oportunidades para o desenvolvimento de fitoterápicos. A pesquisa por novos antibacterianos é uma das propriedades mais estudadas das plantas medicinais, devido à resistência das bactérias aos medicamentos e pela diminuição do interesse da indústria farmacêutica em pesquisar e produzir novos antibióticos. Portanto, os estudos da atividade antimicrobiana se tornam muito importantes e necessários por serem o primeiro passo para o desenvolvimento desses fitomedicamentos.






Prof. Dr. Carlos Henrique Gomes Martins

ICBIM

UFU








13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page