Os riscos do uso indiscriminado de esteroides anabólico-androgênicos à saúde


Profa. Dra. Ana Paula Coelho Balbi e Prof. Dr. Luiz Borges Bispo da Silva - UFU


Os hormônios são, na maioria das vezes, substâncias químicas endógenas capazes de modificarem uma resposta celular. Entre os lipossolúveis estão os hormônios sexuais masculinos, produzidos pelos testículos e glândulas suprarrenais, sob um comando hipotalâmico-hipofisário. Os testículos são fonte importante de testosterona, que em outros órgãos poderá ser convertida em estradiol e di-hidrotestosterona. Estes hormônios orquestram a gametogênese, o estado anabólico dos tecidos, manutenção das características sexuais secundárias masculinas e a reprodução. Já as suprarrenais são responsáveis pela produção de precursores de hormônios androgênicos. O aumento do metabolismo basal, a redução da gordura corporal e o aumento da massa muscular, induzidos por estes hormônios e substâncias correlacionadas (esteroides anabólico-androgênicos – EAAs), motivam a utilização indiscriminada e abusiva dos mesmos pela população. Contudo, a maioria dos usuários de EAAs se esquece, ou mesmo desconhece, os inúmeros malefícios à saúde causados por essas substâncias. Apesar dos EAAs não representarem uma classe homogenia do ponto de vista farmacológico, o que significa que nem todos os efeitos são produzidos por todas as drogas da classe, podemos citar como principais efeitos deletérios: agressividade, atrofia testicular, infertilidade, distúrbios menstruais, desenvolvimento das mamas em homens, danos ao fígado, hipertrofia e fibrose cardíacas, alterações no perfil lipídico plasmático (aumento do “colesterol ruim”, LDL, e diminuição do “bom colesterol”, HDL) e inúmeras alterações vasculares. Não causa estranheza, portanto, que o risco de morte súbita seja 5% maior nos usuários crônicos de EAAs quando comparado à população de não usuários. Por fim, cabe salientar que de 10 a 30% dos usuários crônicos se tornam dependentes dos EAAs, o que torna o uso abusivo dessas substâncias ainda mais perigoso, tanto para o indivíduo quanto para a sociedade.


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo