Desordens Mentais Alimentares



As principais e mais severas desordens mentais alimentares são: a Anorexia Nervosa (AN) e a Bulimia Nervosa (BN), iniciadas comumente na adolescência (principalmente entre o sexo feminino). Essas desordens, apresentam padrões aberrantes no comportamento de ingesta de alimentos e regulação do peso corporal, bem como a distorção na percepção da imagem de seu próprio corpo e peso. Na AN, há um medo inexplicável de ganhar peso e implacável obsessão com perda de gordura, mesmo diante de um quadro de caquexia, implicando em alta taxa de mortalidade. Na BN, ocorrem episódios recorrentes de ingestão compulsiva de alimentos seguida por purgação (auto provocação de vômitos), prática excessiva de exercícios físicos ou períodos prolongados de jejum. Pelo fato de que AN e BN acontecem principalmente entre adolescentes do sexo feminino, teoriza-se que entre as múltiplas causas no mundo ocidental e industrializado, estão as pressões pela cultura da magreza e formas perfeitas. O fato de iniciar-se na adolescência, a grave restrição de nutrientes acarreta sérias consequências como problemas menstruais entre as jovens, baixa densidade óssea, hipotensão, hipotermia e/ou bradicardia, além de não disponibilizar aminoácidos essenciais para produção de neutrotransmissores, como serotonina e dopamina. Embora os tratamentos medicamentosos e terapias cognitivas estejam disponíveis, a recidiva é muito comum.



Profª Drª Benvinda Rosalina dos Santos

ICBIM - UFU

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo