Alimentação "plant based" para atletas



Atualmente, existe um importante movimento aproximando os atletas de uma alimentação plant based, composta apenas por alimentos de origem vegetal, como cereais, leguminosas, sementes, verduras e frutas. Além dos motivos éticos, outras justificativas estão relacionadas diretamente ao esporte, como a melhora da performance e recuperação através do aporte aumentado de alimentos ricos em carboidratos e antioxidantes. A prática esportiva gera grande quantidade de radicais livres que, em excesso, podem prejudicar o restabelecimento, desempenho e a saúde em geral do atleta. Os antioxidantes possuem a ação de neutralizar essas moléculas, sendo encontrados principalmente em alimentos de origem vegetal, com cerca de 10 vezes mais antioxidantes do que os alimentos de origem animal. Outro ponto importante é a ingestão facilitada de carboidrato. Na alimentação vegana, os alimentos fontes de proteína estão sempre acompanhados de carboidrato, como feijão, grão de bico, ervilha, lentilha e soja. Dessa forma, o consumo da quantidade adequada de carboidrato se torna natural e facilitado. Existem 2 pontos de atenção que são facilmente resolvidos: 1) suplementação de vitamina B12, quando necessária e 2) aporte proteico, através da ingestão de leguminosas e complementação. Portanto, é possível e indicada a alimentação vegana para atletas, desde que equilibrada e, se possível, acompanhada por um profissional nutricionista.











Marcela Worcemann

Nutricionista

Clínica Care Club





Imagem retirada de: https://unsplash.com/photos/IGfIGP5ONV0

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo