Abordagens adjuvantes ao tratamento dos Transtornos de Ansiedade

Atualizado: 8 de mar. de 2019



Os transtornos de ansiedade são um grupo de distúrbios com causas distintas que levam a redução da qualidade de vida e diversos problemas de saúde. São comumente tratados com medicamentos psicotrópicos, como os benzodiazepínicos que possuem diversos efeitos colaterais e seu uso prolongado pode levar a tolerância e dependência. Por esses motivos, muitas pessoas buscam abordagens alternativas que possam auxiliar no tratamento desses transtornos.


O exercício físico tem demonstrado ajudar na redução dos sintomas ansiosos e pode ser considerado um adjuvante na terapêutica tradicional utilizada. Sua prática regular pode levar a regulação do eixo HPA (hipotálamohipófise-adrenais), que se encontra anormalmente ativado no estresse crônico, diminuindo a manifestação de muitos sintomas ansiosos. Além disso, após prática de exercícios físicos ocorre aumento da liberação do neurotransmissor serotonina e do hormônio endorfina, que produzem sensações de bem-estar e relaxamento.


Técnicas de respiração rítmicas e controladas também têm se tornado cada vez mais populares como terapia adjuvante, pois modulam respostas fisiológicas desencadeadas pela ansiedade. É importante salientar a necessidade de procurar profissionais adequados para realizar o diagnóstico dos transtornos de ansiedade e estabelecimento da terapia farmacológica corretos, bem como de profissionais que possam planejar e supervisionar uma rotina de exercícios de acordo com a necessidade, aptidão física e predileção de cada um.


Natalia Bonetti Bertagna, Doutoranda em Farmacologia - UNIFESP e mestre em Biologia Celular Estrutural Aplicadas - ICBIM UFU

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo