A relevância do exercício físico na resposta imunológica



Atualmente, não há dúvidas de que o exercício físico é fundamental e traz inúmeros benefícios ao organismo. Por outro lado, o sedentarismo é uma condição que agrava muitas doenças, como a COVID-19, por gerar uma inflamação duradoura. Essa inflamação crônica, presente também em obesos e em outras enfermidades, compromete a resposta imunológica contribuindo com o surgimento de infecção ou hiperinflamação. Neste sentido, o exercício físico, agudo ou crônico, atua como agente imunomodulador, ou seja, ele age equilibrando a resposta das células imunes contra invasores, como o coronavírus, minimizando os sintomas. É recomendada a prática de 150 a 300 minutos de atividade física por semana para a população em geral.








Prof. Dr. Fabrício O. Souto

LIKA

UFPE






Imagem retirada de: https://unsplash.com/photos/CjOUvHwmdBM

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo